Alcance e Análise Vocal de Beyonce Knowles

Alcance e Análise Vocal de Beyonce Knowles

  • Alcance Vocal: F#2 – Bb5 – F6 (D7)
  • Nota Mais Longa: 14 segundos
  • Classificação Vocal: Coloratura Mezzo-Soprano (4 Oitavas)
  • Avaliação: Excepcional
  • Recomendações: I Care, Halo, Dangerously in Love, Listen, Love On Top

Pontos Positivos:

Beyonce é conhecida como uma cantora “acrobata”, tanto por seus riffs extremamente complexos quanto por sua tessitura extensa. A cantora possui uma técnica absoluta, sendo capaz de executar quaisquer melismas com mínimo esforço e sem desafinar, como podemos notar em I Care, Dangerously In Love, Resentment e tantas outras canções.

Como vocalista, Bey executa tudo com tanta perfeição, tanto subjetiva (interpretação) quanto objetivamente (técnica vocal), que falar de sua voz é um esforço, pois a publicação pode se estender demasiadamente. Sendo assim, falaremos nesta Análise Vocal apenas de suas habilidades vocais de fato, focando em técnica e não em visões artísticas ou criatividade, dança, composição, interpretação ou tantos outros talentos que Beyonce possui.

Com uma coluna de ar, ou apoio, bem treinada, a voz de Beyonce apresenta nenhuma tensão, a menos que sua interpretação artística demande. Sendo assim, a cantora é capaz de adicionar distorção à voz com growls e grunts executados da forma mais saudável possível, podendo “tender ao infinito”, como a própria artista “brinca” em performances ao vivo de Why Don’t You Love Me.

Devido à sua classificação vocal, Mezzo Soprano Coloratura, Bey é capaz de cantar notas extremamente graves com extrema facilidade e apoio, o que é ainda mais raro para mulheres. Esses graves se estendem à notas como F#2, difíceis até mesmo para homens bem treinados.

Seu fôlego não é fora do comum, porém merece sua devida atenção pela abordagem escolhida da artista. Ao invés de simplesmente segurar uma nota, Bey costuma cantar extensas frases melódicas em um mesmo fôlego, independente da complexidade da linha. Outra de de suas maiores qualidades é a dinâmica, executada (assim como tudo) com perfeição, sendo capaz de crescendos e decrescendos delicados. Seu vibrato também é bem controlado, possibilitando um ar de “ressonância extrema” ao som de sua voz.

Sua voz de cabeça naturalmente é encorpada, assim como sua voz de peito, devido à soma de sua classificação vocal à técnica bem executada. Seu timbre, na voz de cabeça, pode variar entre um som leve e estridente, comum em canto popular, até um som pesado e operático, comum em canto lírico.

Sua voz mista é completamente controlada, trazendo uma porcentagem igual de voz de peito e voz de cabeça, resultando em um belting balanceado e saudável que pode estender suas notas altas até o limite físico de suas pregas vocais (Bb5). Além disso, Bey é capaz, e inclusive brinca com isso bastante em suas canções, de “quebrar” a voz, como um yodel, afim de enfatizar a passagem de uma voz à outra, dando um efeito de vulnerabilidade à sua interpretação, ou até mesmo de agressividade, quando assim deseja. Podemos notar bem essa facilidade de troca de registros em Halo e diversas outras músicas.

Pontos Negativos:

Devido à qualidade de seu timbre, sua voz pode ser percebida como muito agressiva ou até mesmo muita alta em volume. No começo de sua carreira solo, suas notas na quinta oitava podiam também ser nasais ou finas demais. Este problema não é mais tão presente. 

Seu principal ponto negativo, hoje em dia, é seu perfeccionismo. A artista demanda extremamente muito de sua equipe e de si mesma, o que a leva a se apresentar, em raras ocasiões, com gravações ao vivo “pré gravadas”. Isto pode afetar sua credibilidade para o espectador desavisado, caso ele não assista a performance “correta”.

 

Fotografia:

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Beyoncé (@beyonce) em

1 responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. […] uma das maiores vozes da música pop deste século, ao lado de Rihanna, Ariana Grande, Lady Gaga, Beyoncé, entre tantas […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *