Britney Spears tem brincado com a voz nas mídias sociais, gravando diversos vídeos cantando acapella e muita gente tem se surpreendido com a voz “diferente” da cantora. Em um vídeo bem recente, cantando seu single Baby One More Time, a artista parece ter a voz muito mais forte e grave do que estamos acostumados na versão original.

Lembrando que essa música foi o primeiro single de Britney Spears (completando 24 anos em setembro), originalmente seu estilo é um dance-pop, com arranjo musical formado por baixo elétrico, baixo, guitarra e a voz “clássica” de Britney. Quando analisamos a letra de Baby One More Time é possível vermos o quão substancial a artista pode ser e eu particularmente acredito que esse é o principal motivo de tantos artistas terem feito covers incríveis em diversos gêneros musicais, mas vamos focar na voz.

Britney Spears cantando Baby One More Time 24 anos depois do original!

A “clássica” voz de Britney Spears é tida como aquela “voz de bebê”, como muitos chamam. Como alguém imitando um bebê, a sua voz é anasalada, com bastante vocal fry, extremamente muito soprosa e bem jovial. O timbre chega à quase imitar uma Soubrette Soprano. O problema dessa voz, presente em todas suas músicas até hoje incluindo Baby One More Time, é que ela é falsa.

Apesar de muitas mulheres serem classificadas com essa tessitura e vocal fach, como Diana Ross e Jennifer Lopez, Britney Spears não é uma Soubrette Soprano. Desde criança ela canta e desde sempre é possível notar que sua voz é grossa, pesada, grave e forte. Assista o vídeo recente:

E assista à versão de estúdio de Baby One More Time, gravada em 1998:

É claro que uma versão de estúdio gravada e editada terá um refinamento mais agradável aos ouvidos, ainda mais se comparado com um vídeo mal filmado onde a artista canta sem ensaio, sem microfone e após 24 anos machucando sua voz. Poucos se atentam nisso, mas ao imitarmos uma voz podemos nos machucar e eu acredito que a razão pela qual Britney foi perdendo sua potência vocal ao longo dos anos é exatamente por imitar essa “baby voice” por tanto tempo, sendo que sua voz natural é muito mais grossa do que isso.

Inclusive é interessante percebermos as peculiaridades em sua voz atual, muito similar à Toni Watson, Elle King, Audra Mae e até um pouco de Amy Winehouse. Essas vozes graves, com agudos únicos e uma voz de cabeça mais encorpada. Britney Spears com sua voz natural é tão atual quanto as músicas que fazem sucesso hoje e, apesar da gravadora ter podado sua voz por ser “grave demais para uma garota”, é possível notar os fãs pedindo que ela regrave suas canções com sua voz de verdade. Vamos torcer para este projeto acontecer!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.